Biodiversidade

bio 1Será que o desenvolvimento, mesmo o desenvolvimento sustentável, deve inevitavelmente resultar em perda de biodiversidade? As decisões no que concerne o desenvolvimento são complexas e em geral envolvem o equilíbrio de fatores econômicos, sociais e ambientais.

Consequentemente é prática comum os impactos à biodiversidade serem "compensados" com outros tipos de ganho, resultando em perda líquida de biodiversidade.

Durante muitos anos, esse tipo de resultado foi considerado aceitável e talvez inevitável. Agora, entretanto, muitos indivíduos e organizações, desde empresas, bancos e governos até organizações da sociedade civil, acreditam que a inevitabilidade desse resultado pode e deve ser contestada. Em muitos casos, os projetos de desenvolvimento podem ocorrer sem que haja perda de biodiversidade.

A compensação voluntária para a biodiversidade oferece um mecanismo potencial para que se equilibre o impacto das atividades de desenvolvimento e a conservação da biodiversidade, o uso sustentável de seus componentes e a repartição justa e igualitária de seus benefícios.

Constitui, essencialmente, ganhos mensuráveis de conservação, deliberadamente alcançados no intuito de equilibrar qualquer perda significativa de biodiversidade que não possa ser revertida evitando ou minimizando o impacto desde o início ou reparando o dano causado. Foi especificamente desenvolvida para lidar com o impacto remanescente de tal forma que se possa prever a compensação, com base no conhecimento científico de que dispomos, e que haja perda líquida zero de biodiversidade, na perspectiva de todas as partes envolvidas.

Desta forma, representa uma oportunidade promissora para que se aproveite o crescente interesse de muitas empresas em desenvolver parcerias com governos, sociedade civil e organizações de conservação para lidar com o impacto ambiental das atividades que desenvolvem e aumentar sua contribuição à conservação da biodiversidade e ao desenvolvimento sustentável.

A definição do BBOP (Programa de Negócios e Compensação para a Biodiversidade)

São os resultados de conservação mensuráveis provenientes de ações projetadas para compensar significativos impactos residuais adversos à biodiversidade decorrentes de projetos de desenvolvimento, após tomadas as medidas adequadas de prevenção e mitigação. O objetivo da compensação para a biodiversidade é alcançar "perda líquida zero" e, de preferência, ganho líquido de biodiversidade no ambiente com relação à composição de espécies, estrutura de habitats, função dos ecossistemas e uso pela população.

Voltar   |   Principal
Logomarca PNBSAE

Logomarca PARCEIROS